Gerenciamento de riscos na indústria: saiba mais sobre o assunto

Dentro de qualquer área de atuação, é importante lembrar que nem tudo ocorrerá exatamente como o planejado. Qualquer negócio envolve riscos, sejam eles nos seus processos internos ou devido a fatores externos. Por isso, para garantir melhores resultados a médio e longo prazo, é importante fazer um bom gerenciamento de riscos.

Para aqueles que não estão familiarizados com o termo, a gestão de riscos se refere a uma série de práticas que você deve promover para poder lidar com os potenciais riscos envolvidos no seu negócio. Dessa forma, fica mais fácil manter o controle dos processos e assegurar a rentabilidade ao longo do tempo.

Para ajudar você a entender melhor o assunto, vamos falar um pouco mais sobre a importância de gerenciar riscos e como você pode fazer isso em sua indústria. Acompanhe.

Por que é importante fazer o gerenciamento de riscos na indústria?

Mesmo sendo uma tarefa importante, muitos ainda negligenciam a importância de gerenciar seus riscos. Algo bem mais grave no setor industrial. Veja aqui alguns dos benefícios de investir nessa precaução.

Minimizar erros de trabalho

Não é incomum em qualquer área que os colaboradores cometam pequenos erros no dia a dia de trabalho, mas é importante fazer com que eles sejam menos frequentes, especialmente os mais graves. Para isso, você precisa entender o que induz esses erros e tomar atitudes que possam eliminá-los com antecedência.

Com uma boa gestão de riscos, você reduz consideravelmente a probabilidade de que seja cometido algum erro ao longo do caminho. A longo prazo, isso também contribui com resultados mais positivos e consistentes, mesmo que ocorra alguma crise.

Entregar mais qualidade nos produtos

Como você já deve imaginar, um processo que contém menos erros ao longo do tempo também consegue entregar um nível de qualidade mais elevado no mesmo prazo. Algo de suma importância para o trabalho em qualquer indústria, independentemente de qual seja seu nicho de produção.

Ter menos produtos com defeito também significa que a matéria-prima é melhor aproveitada, que há menos desperdício de tempo e que mais unidades podem ser enviadas para venda. No fim das contas, investir no gerenciamento de riscos é altamente lucrativo para todo o seu negócio.

Reforçar a prevenção ao invés da remediação

Por fim, mas não menos importante, boas práticas de gestão de riscos também implicam em prevenir seus problemas em vez de tentar reagir a eles. Ainda é importante ter procedimentos bem planejados para lidar com imprevistos a medida que eles ocorrem, mas custa bem menos evitar que eles aconteçam.

Uma vez que você identifique os riscos principais envolvidos nos seus processos, pode tomar precauções contra eles. É uma mudança de mentalidade cada vez mais importante para garantir a longevidade de qualquer negócio hoje em dia.

Como você pode promover o melhor gerenciamento de riscos em seu negócio?

Depois de entender melhor sua importância, o próximo passo é aprender como incorporar a gestão de riscos no dia a dia da sua indústria. Veja aqui alguns passos que você pode seguir.

Tenha um plano estratégico

Antes de começar, é importante que você tenha algumas premissas já estabelecidas para elaborar suas ações. A metodologia que será utilizada, as ferramentas, quais serão os indivíduos responsáveis, entre outras coisas do tipo. São todas informações indispensáveis para poder colocar a gestão de riscos em prática.

É importante também revisar esse planejamento à medida que ele for conduzido, pois muitas coisas podem mudar. Lembre-se: a ideia é que você saiba lidar com situações que não sem como esperado, não se prender a um plano que já não reflete a realidade.

Identifique os principais riscos

Com um pouco mais de direcionamento, o próximo passo é estudar seu negócio e identificar quais são os principais pontos de risco. Esses que podem ser qualificados de várias maneiras, seja com relação a seu impacto financeiro, segurança, logística, ou qualquer outro critério relevante.

Nesse ponto, seu trabalho é observar atentamente como são conduzidos os processos no dia a dia da sua indústria e identificar quais são os pontos mais vulneráveis. Não se preocupe em solucioná-los imediatamente, apenas tome nota e entenda como esses riscos se relacionam com os vários aspectos do seu negócio.

Faça uma análise qualitativa e quantitativa

Agora que você tem uma perspectiva mais ampla dos riscos aos quais está exposto, é hora de fazer uma análise deles e constatar quais são mais frequentes e graves.

Uma análise qualitativa consiste em atribuir um valor à frequência de cada risco, geralmente em uma escala de 0 a 10. É ideal ter várias opiniões aqui, para poder tirar uma média mais consistente. Já a análise quantitativa ajuda a determinar estatisticamente a probabilidade de que um evento ocorra e seu impacto na organização.

Monte um plano de resposta

Com base em sua análise, o próximo passo no gerenciamento de riscos é elaborar ações que ajudem a diminuir a ocorrência desses cenários. Além, é claro, de planos alternativos para lidar com as situações, caso elas se concretizem.

Nesse passo, é importante ter em mente as suas prioridades diante de cada cenário. Alguns riscos de maior impacto devem receber atenção extra para que sua probabilidade seja mínima, mesmo que isso envolve deixar que outros riscos menores fiquem sem a mesma atenção.

Monitore os resultados

Por fim, mas não menos importante, você deve acompanhar o desenvolvimento de todo o trabalho, acompanhando os resultados de cada ação produzida. Se o seu objetivo era tornar um problema menos frequente, contabilize suas ocorrências. Se era diminuir o impacto de pequenos erros, veja como eles estão atrapalhando seus resultados ou não.

Essa avaliação será fundamental não só para comprovar os resultados, mas também para estabelecer novas ações e realinhar seu planejamento. Dessa forma, você estabelece um ciclo planejamento, execução e replanejamento. Uma maneira eficiente de monitorar os resultados é com o auxílio da tecnologia.

Agora que você tem todas essas informações, pode começar a fazer o melhor gerenciamento de riscos dentro da sua indústria. No longo prazo, é sempre melhor investir nessa gestão e prevenção do que ter que lidar com a situação depois que ela ocorre.

Quer sanar alguma dúvida sobre gerenciamento de riscos? Deixe seu comentário!

Redes sociais:
Facebook
Facebook
Email
RSS
LINKEDIN