Curiosidades sobre o plástico que provavelmente você não sabia

Atualmente o plástico é considerado por muitos como um verdadeiro vilão, principalmente quando se trata de cuidados com o meio ambiente. Contudo, é importante ressaltar que, em muitos usos e aplicações, o plástico é extremamente vantajoso e benéfico. Isso acontece porque, quando usado corretamente, ele pode proporcionar diversas facilidades, além de poder ser utilizado para fabricar variados produtos e facilitando a nossa vida no dia-a-dia.

Quer conhecer mais sobre essas características e entender quais são as verdades e curiosidades sobre o plástico? Então, continue a leitura!

É parte de nosso dia a dia

O material plástico pode ser usado para fazer vários objetos do nosso dia a dia, como celulares, notebooks, tênis, calças jeans, camisetas, uniformes, veículos, estradas, sinalizações, embalagens de água, na academia, nos hospitais e no cinema.

O plástico também está presente nos veículos e sua utilização nos mesmos proporciona redução do consumo de combustível, pois os tornam mais leves. Com isso, seja na rua, na estrada, na academia, no trabalho, em casa e demais outros lugares, o plástico está sempre presente de uma forma totalmente útil e positiva.

Pode ser reciclado, é durável e torna os produtos mais acessíveis

O plástico é um material que pode ser reciclado. Somado a isso, é extremamente durável, pois pode suportar variações significativas de temperatura e não costuma quebrar facilmente. Além disso, o custo de fabricação não é tão elevado.

Consequentemente, com a utilização de plásticos, a produção destes passam a ser mais econômicos e acessíveis, em substituição do vidro, aço e alumínio ou outros tipos de materiais, por exemplo.

Isso se deve pelas características de processamento, maior facilidade no transporte, durabilidade do material, menos peso do produto e do menor custo de fabricação e principalmente pela reciclagem do plástico, consequentemente viabilidade ambiental. 

Dessa forma, o resultado para o cliente é um produto mais leve, seguro, com a possibilidade de diversas cores, formatos e tamanhos, e mesmo assim, com um menor preço, decorrente da redução de custos citada. 

Auxilia na redução do risco de contaminação 

O plástico é excelente para a melhoria da higiene, pois a maioria é bioquimicamente inerte e, assim, não reage ou deteriora quando entra em contato com outros tipos de substâncias.

Assim, são extremamente benéficos na redução do risco de contaminação dos produtos, uma vez que não reagem com outras substâncias e são duráveis — apresentando segurança quando utilizados em embalagens, medicamentos, equipamentos cirúrgicos e farmacêuticos.

Também são vantajosos na redução do risco de contaminação, pois é possível a fabricação de diversos produtos em plásticos descartáveis, como seringas, luvas, entre outras, evitando assim riscos de contaminação e dissipação de doenças.

Por isso, o plástico é muito usado tanto na área alimentícia quanto na saúde. Quando acrescidos por aditivos, podem apresentar variadas propriedades e serem utilizados para diferentes fins.

Independentemente do uso ou aplicação, os materiais plásticos são regulamentados pela ANVISA — Agência Nacional de Vigilância Sanitária. 

Pode e é usado frequentemente para salvar vidas

O plástico é um dos materiais de maior contribuição para o progresso e evolução de muitos produtos, processos, indústrias, avanços médicos e farmacêuticos. Dessa forma, proporcionou que diversos avanços fossem possíveis — sem risco de contaminação por meio da possibilidade de utilizar materiais descartáveis  em injeções, embalagens de medicamentos, procedimentos cirúrgicos, entre outros.

Assim, o uso do plástico foi e é essencial para reduzir a contaminação e transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, por meio da diminuição do risco de contaminação e para facilitar tratamentos de saúde. 

Com o avanço de tecnologias, em paralelo aos avanços em materiais poliméricos ao longo dos anos, a utilização em grande escala de materiais plásticos em industrias como farmacêuticas, médicas / hospitalares, como a utilização de blísters para remédios, bolsas de soro e sangue, entre outros, foi facilitado com a introdução massiva de materiais plásticos neste tipo de segmento.

Pode substituir diversas outras matérias-primas

O plástico apresenta características que proporcionam soluções de baixo custo para a sociedade.

Isso ocorre pela diversidade de processos que o mesmo proporciona ao se pensar em um produto nos dias de hoje, pela boa aceitação e adaptação do mesmo em diversos segmentos, que necessitam cada vez mais inovações tecnológicas aliados a um ótimo acabamento, sem esquecer de preços cada vez mais competitivos. Portanto, o plástico pode substituir diversas outras matérias-primas com excelência, performance e principalmente pela sua versatilidade.

Apresenta um ciclo de vida bem definido 

A maior parte dos tipos de produtos fabricados com plástico são materiais que apresentam elevada vida útil e não são descartáveis — como a maioria das pessoas pensa. Afinal, além de utensílios como baldes, jarros, copos, pratos, vasos — o plástico está presente em veículos, materiais de construção como pisos, em roupas, entre outros que não são considerados descartáveis, assim permitindo o seu uso longo e contínuo.

Os descartáveis não são vilões para o meio ambiente

O plástico descartável não está presente só em copos, canudos e demais utensílios que são descartados após o uso. Eles são utilizados na indústria farmacêutica e médica, onde de fato precisam ser descartados logo após o uso único, a fim de evitar a contaminação — representando segurança aos usuários e consumidores. O que deve ser modificado e repensado é a forma como as pessoas utilizam os plásticos descartáveis, sendo essencial utilizá-los com a devida consciência, preservando o meio ambiente, contribuindo por uma sociedade menos agressiva ao nosso planeta. 

Não é um dos maiores responsáveis pela poluição e geração de resíduos

O plástico é um produto muito utilizado e representa grande parte dos resíduos presentes no meio ambiente. Entretanto, isso não significa que ele é responsável pela poluição, na verdade, essa realidade evidencia a existência de uma cultura de desperdício. Além disso, existem também as problemáticas relacionadas ao manejo dos mesmos, uma vez que poderiam e deveriam ser coletados, reciclados e — quando for o caso — reutilizados corretamente. 

Assim, fica evidente que o problema não é a presença de copos descartáveis e sim o fato de as pessoas não o utilizarem com consciência. Também, do governo não realizar, fiscalizar e incentivar a conscientização ambiental devida.

Como você pôde ver, conhecer algumas das curiosidades sobre o plástico é muito importante para compreender que a indústria do plástico contribui para avanços tecnológicos, científicos  e de nosso cotidiano, proporcionando comodidade, facilidades e conforto ao nosso dia-a-dia. Com a utilização de materiais plásticos, foi possível mudar positivamente as nossas vidas.

Portanto, pode-se evidenciar que o maior problema ao nosso ecossistema é a falta de consciência ambiental e não o uso do plástico nas atividades cotidianas.

Gostou de saber as principais curiosidades sobre o plástico? Então, aproveite a visita ao blog e leia o artigo “Combate ao desperdício de alimentos: como o plástico pode ajudar?”.

Redes sociais:
Facebook
Facebook
Email
RSS
LINKEDIN