6 softwares que irão facilitar sua gestão de estoque

A gestão de estoque confere às empresas maior inteligência organizacional. Com a análise de dados, obtidos por meio de levantamentos e relatórios, é possível uma tomada de decisão mais ampla e eficaz. Esses dados devem ser organizados, acessíveis e de fácil entendimento e interpretação.

Empresas que buscam inovação controlam suas variáveis internas (custos administrativos, logísticos, de armazenagem, etc.) e conseguem prever e conter variáveis externas (mercado, fatores macroeconômicos, etc.) que dificultam a gestão e, consequentemente, o alcance de resultados.

Além disso, a alta competitividade do mercado e o advento da Internet das Coisas (IoT) obrigam maior rapidez na adequação a essa realidade. Por meio do uso de tecnologia muitos processos serão automatizados e a indústria ou comércio que não se adaptar não terá chances de sobreviver. 

Vamos explicar um pouco mais sobre a gestão de estoque em uma indústria, sua importância para a organização, como escolher um ERP e quais os softwares mais adequados para otimizar a administração da sua empresa. Confira!

Quais as vantagens com a gestão de estoque?

Numa gestão de estoque, entradas, saídas e manutenção de insumos e bens produzidos são controlados.

Quando se quantifica os ativos da empresa e se qualifica processos produtivos, ocorrem melhorias em toda a estrutura organizacional.

Com a gestão de estoque, entre várias vantagens, é possível:

  • alocar corretamente recursos e investimento;
  • estimar vendas e prever receita;
  • programar com eficiência a compra de insumos junto aos fornecedores;
  • diminuir, analisar e controlar os custos de produção;
  • apontar prioridade no uso de insumos e na venda de bens;
  • distribuir com mais rapidez os insumos entre os setores de produção;
  • promover uma produção continuada, com maior controle dos processos;
  • comprar em escala, se a produção exigir, e negociar melhores preços e maiores prazos de pagamento;
  • sofrer menor impacto caso ocorra aumento dos preços de insumos;
  • programar o recebimento de mercadoria;
  • evitar desperdício de insumos ou vencimento de produtos;
  • conferir o desempenho das vendas de cada produto específico.

Como escolher um sistema de gestão de estoque?

Identifique as necessidades da sua empresa

Para a elaboração de qualquer estratégia é necessário estabelecer quais rotinas serão úteis para a indústria.

Saiba exatamente o que sua empresa precisa antes de procurar um sistema de gestão de estoque no mercado. Faça uma análise SWOT e aponte as forças, fraquezas, oportunidades e ameaças do setor.

Uma indústria tem algumas peculiaridades cujo ERP precisa suprir. Existem funções mínimas que todo sistema de gestão de estoque deve possuir, mas o importante será adquirir um sistema que atenda especificamente o seu setor de atividade.

Saiba que um software completo exige uma estrutura melhor e pessoas mais capacitadas.

Estabeleça uma relação custo-benefício

Ao saber qual ERP poderá suprir a demanda do setor logístico da sua indústria, é preciso fazer uma análise dos custos relacionados aos benefícios que o sistema pode proporcionar, pois não é fácil alterar a rotina de trabalho em uma organização, principalmente no que tange à implementação de um novo sistema em meio a processos intermitentes.

É essencial que o sistema escolhido possa ser atualizado de acordo com as demandas da sua empresa e com as do mercado. Todo o investimento deve ser comprovado com resultados e o ERP precisa apresentar funcionalidades que promovam isso.

Avalie a possibilidade de incorporar novas funcionalidades e ferramentas

A empresa precisa adequar toda a sua estrutura para a instalação do sistema.

É preciso avaliar os computadores, as máquinas, a rede e se o ERP tem fácil integração com outros equipamentos — como leitores de códigos de barra, QR code, arquivos XML, etc.

Avalie a segurança da informação

A solução não pode ser vulnerável aos hackers e backups devem ser feitos automaticamente e de preferência na nuvem, para garantir a proteção da informação fora do ambiente organizacional e evitar o risco de perda de dados.

Procure o suporte técnico

Avalie a rapidez no atendimento do suporte e a clareza no esclarecimento de dúvidas.

Quais softwares vão facilitar sua gestão de estoque?

Citamos alguns exemplos de softwares que poderão otimizar os processos da sua empresa.

1. TOTVS

Solução que atende vários setores de produção de bens de capital, duráveis, de consumo, de metal, plástico, papel, celulose, têxtil e de vestuário, extrativismo e beneficiamento, química e reciclagem, entre outros.

Suas funcionalidades direcionadas à gestão de estoque abrangem automação da produção (MES), otimização e balanceamento de estoques, gestão ambiental, soluções de Kanban, medicina e segurança do trabalho, controle de estoque por RFID, business intelligence, manutenção de ativos, gestão de frete embarcador, entre outros.

2. SISPRO

Oferece um sistema completo que atende a todas as demandas operacionais de indústrias e metalúrgicas, e inclui um módulo de produção com a técnica do MRP I — Planejamento e Controle de Produção — e ainda calculam o lucro de processo, gerencia ordens de serviços, inventário, cadeia de suprimentos.

Uma funcionalidade disponível muito útil para o setor é a plataforma que auxilia importação e exportação e a gestão fiscal da empresa com o SPED.

3. ADV

O Advanced Business ERP tem interface fácil e de controles precisos. Entre seus principais benefícios destaca-se o controle integrado de todas as áreas da empresa: gestão de estoques, compras, vendas, produção, financeiro e faturamento.

Gera informação no SPED Fiscal e controla múltiplas empresas com a gestão de estoque em um único sistema.

Possui alerta inteligente de estoque mínimo, prazos de validade para produtos controlados por lote e produtos sem movimentação em um determinado período.

Permite personalizar o software de acordo com as necessidades específicas da empresa e é disponível para uso local ou nas nuvens.

4. Gestor ERP Industrial

Solução exclusiva para o setor industrial e controla processos totalmente online. O software é formado por três aplicativos e é possível contratar todo o pacote ou os aplicativos individualmente.

5. GRV Industrial

Software que estrutura projetos, controla compras, compara custo previsto x custo realizado, planeja produção e montagem e possibilita adicionar componentes elétricos, eletrônicos e mecânicos ao projeto.

Utiliza o processo de importação de ferramentas CAD. Atende segmentos: aeronáutico, automotivo, metalurgia, manufatura, naval, usinagem entre outros.

6. Bohm

ERP Analysis da empresa Bohm utiliza um banco de dados compatível com recursos do Oracle 11g e do novo Oracle 12c. Com plataforma em cloud computing, suporte para grande volume de dados como diferencial, atende pela agilidade, é customizável às necessidades de qualquer empresa, calcula rentabilidade em tempo real e ainda orienta a aplicação de planejamento estratégico com mais eficiência.

Como promover uma implantação eficiente?

Certifique-se da inserção completa de dados, realize treinamento de todos os envolvidos com a ferramenta de gestão de estoque e recorra ao suporte da empresa sempre que tiver dúvida.

Agora que você sabe da importância da gestão de estoque e como escolher um software ideal para sua empresa, que tal seguir nossas redes sociais (Facebook, LinkedIn e YouTube) e acompanhar mais dicas interessantes para melhorar o desempenho da sua indústria no mercado?

Redes sociais:
Facebook
Facebook
Email
RSS
LINKEDIN